segunda-feira, 6 de outubro de 2008

Doces ou travessuras

O Dia de São Cosme e São Damião, os santos gêmeos protetores da crianças, passou e muitos adultos, que um dia correram ruas e ruas atrás do "saquim de doce", hoje tentam manter a farra açucarada. A data não é muito difundida. Pouco se comenta, poucos assumem, talvez ainda pelo preconceito. As distribuidoras investem pesado, dizem que o retorno é garantido. Já vi famílias inteiras passarem boa parte da noite-véspera montando os saquinhos para as comemorações. Uns fazem por promessas e graças alcançadas e há os que retribuem pelo simples prazer de ver a molecada se acotovelando nos portões em busca de garantir o seu saquinho de doces.

Na correria subi e desci ruas, atravessei setores de um lado para outro, peguei filas intermináveis com o sol queimando o topo da cabeça. Mas eu tava lá, munida do meu bornal de perna de calça, feito pela minha avó. Era pra garantir a quantidade. Não importava do quê.
Religiões afro-brasileiras fazem pomposas festas e as comemorações se estendem até 12 de outubro, Dia das Crianças. Tive a oportunidade de conhecer algumas e tenho saudades. Agora, nessas alturas do campeonato, penso que não ficaria bem invadir um terreiro de umbanda só para me esbaldar com as guloseimas ofertadas às kinhanças, né?
Mas um saquinho eu consigo garantir com algum vizinho.

Eu tava ali tomando um cafezinho com a Martha Stewart e olhando as dicas para ornamentação de halloween, 31 de outubro, véspera do Dia de Todos os Santos. Procurei as afinidades das duas festas, só encontrei os doces. E a cada ano vejo mais tentativas de importar uma cultura que não faz parte da nossa história mista-brasileira.

Mannnnsss! O que vale é a diversão.
Não interessa quem inventou a graça eu quero é rir.


2 comentários:

Inez, como no tempo da vovó disse...

É querida, eu tb, olhando da janela daqui de casa(moro em uma casa de dois andares) fiquei observando a correia das crianças em busca dos seus saquin de doces e fui remetida ao meu tempo de criança, saudades...
Voltei aqui, tentei fazer um tratamento no BVA (Blogueiras Viciadas Anônimas), mas quando entro em crise não há o que me segure e cá estou eu!!!
Tb, pudera, cada vez que vejo um trailler das postagens, fico agoniada e clico, clico mesmo, confesso e venho ver as coisas mara que vc posta
mil bjs anjo e venha tomar um cafézinho no meu blog, puxar uma cadeira e dar uma olhadinha no que ando fazendo, pura traquinagem
Inez Barbosa

Janice disse...

Achei geniais as ideias para o Halloween.
Beijos.