segunda-feira, 29 de dezembro de 2008

Mosaico de cascas de mexerica - por Marciaarts


Ahaaaaaaa!!! Nem pensem que estou tirando férias em uma tropical ilha paradisíaca, cercada por coqueiros e horríveis nativos musculosos e bronzeados vestidos com uma sainha de palha modelito frente-única (Nusa, realize: o The Rock nessa cena, hein?)... É...bemm... mas, voltando pra ilha sem energia elétrica? Sem telefone? E... sem internet??? Hummm? Esse lugar existe? Coloquem o bilhete de S.O.S. na garrafa e lancem ao mar que eu vou descer!!!
Ai...ai... essa combinação de festas e antiinflamatório para a cervical tá me deixando com uns pensamentos um tanto estranhos.

Mas, só para dar notícias. Estou um tiquim afastada do computador por causa de uma dorzinha nas costas, que me visita de dois em dois anos. Nada de mais, apenas ela exige meu pescoço e meus braços. Nesta visita, resolvi que vou abraçá-la com força até que ela se sinta sufocada e vá embora.

Sobre o post anterior, fiquei devendo as fotos das garrafas da Márcia. Lembram que eu pedi a ela? Não tem importância!
A prestativa Márcia respondeu e eu trouxe o mosaico com casca de mexerica (tangerina, pokan, ponkã, pocã... sei lá!). Além das fotos, peguei também o link do Artesanatos Marciaarts, onde tem outros trabalhos e dicas da Marcinha arteira de mão cheia.
Tá valendo uma visitinha e um coments delicado.

Márcia: MOSAICO DE CASCAS DE MEXERICA APLICADO EM VIDRO DE BEBIDA, ACABAMENTO NO GARGALO COM CORDÃO DE PAPEL DE PÃO AMASSADO E ENROLADO.

Obrigada Márcia, Feliz 2009.


_ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _

Zentiii! Não sou Arakén mas, agora só volto no ano que vem.

E quero desejar a todos uma ótima entrada de Ano Novo. Que 2009 renegue todas as previsões negativas e chegue arrastando um saco de 365 dias cheio de saúde, sabedoria, respeito, criatividade, prosperidade, compreensão e fartura.
Que os velhos sonhos renasçam do baú-dos-guardados e ganhem vida. E que novos sonhos recarreguem as energias e tragam muito ânimo e coragem para realizá-los.
Desejo que, a cada dia, a humanidade descubra pequenos atos que possam fazer um planeta melhor e que o caboclo arteiro abunde as cabeças com o entedimento e o compromisso de que "devemos deixar um mundo melhor do que o que encontramos".


E desejo do fundo do meu ser que logo nos primeiros dias de 2009 eu pague todas as minhas dívidas blogueiras e que os mestres arteiros tenham muitos trabalhos preu ter muitos assuntos e ótimas pegadas por todo o ano que inicia... hihihi

Xêro pro6 tudim e que venha 2009 qui nóis aguenta.

FELIZ ANO NOVO!!!

_ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _

terça-feira, 23 de dezembro de 2008

Garrafas vão rolar...


Não! Ainda não são os meus votos de Feliz Natal, Feliz Peru Assado, Felizes Rabanadas etc etc.
Este post é só mais uma anotaçãozinha para o cadernão de ideias.
Lembrando que "garrafas vão rolar" a partir de amanhã, achei suuuuper da hora essa ideia para depois que os conteúdos forem deitados goela abaixo... Hic... Hic... e os preciosos vidros vazios começarem a entulhar mesas e bancadas. Quando sinalizarem baixar nas lixeiras é hora de recolhê-los para as visagens do caboclo em 2009.

A foto e o passo a passo são da orkut-arteira Glaucia, membro da comunidade Arte em Reciclados.


Passo a passo por Glaucia - Primeiro limpe bem a garrafa a fim de não ficar nenhum resíduo de cola ou sujeira; Passe um fundo da sua preferência (primer-existem vários tipos e marcas); Algumas, qdo quero fazer efeito como textura, colo de serra depois passo látex acrílico branco ou primer, tudo depende do que quero fazer de pintura e efeito; Essa amarela, fiz decoupage e um fundo esponjado para criar efeito; Depois de 24h envernizar com verniz de sua preferencia. Essas daí envernizei com verniz acrílico.

Ahhh... outra lembrança é que lá no Orkut, agora tem bloqueio de fotos, então nem adianta eu apresentar os arteiros e postar os links dos trabalhos, se quase todos os álbuns estão fechados para visitações, né menss? Então postarei as comunidades e o link dos tópicos com o assunto em questão. É o caso das garrafas que encontrei na comunidade Arte em reciclados, no tópico Garrafas de Vidro.... hummm... Agora, como fui parar ali, só o caboclo arteiro pode responder.

E... já que eu tava pegando mesmo, aproveitei para trazer algumas dicas de outras orkut-arteiras:
Dica da Célia - técnica de falso mosaico com revistas rasgadas - Uma idéia, que eu utilizei e gostei, é revestir as garrafas com folhas da revista "Caras" rasgadas e coladas com cola branca, unindo os pedacinhos irregulares (não pode cortar com tesoura) fazendo um mosaico. Depois de secar a cola passe um pano macio com thinner levemente e em movimentos circulares, somente para embaçar as figuras e tirar as letras, deixando a cor. Depois envernize com verniz geral ou verniz vitral incolor. Ficam muito lindas.
Dica da Marciart's - eu cobri com filtro melita, também apliquei mosaico de casca de mexerica. Garrafões de vinho, de 5 e 10 litros vc pode mandar cortar e fazer lindos cachepôs(porta vasos), lisos como são, ou com decoupagem de guardanapo, ficam lindos. E muito mais....Abraços Marcia
(Márcia já é nossa conhecida e colaboradora com o Peguei na Rede e fiz questão de pegar essa dica e até pedi a ela, se possível, nos enviar uma foto do mosaico com casca de mexerica. Fiquei por demais curiosa com essa arte. Vamos aguardar.)

Essa garrafa é da Jô, também membro da comunidade Arte em Reciclados. Ela conta que fez mosaico com figuras sem usar o efeito borrão com tiner (dica da Célia). Ficou muito lindinha.


Da comunidade Arte em reciclados peguei carona numa dica e fui parar na comunidade Decoração - faça você mesmo. Um espaço com muitas dicas, muita atividade e relevantes discussões em torno das Terapias Ocupacionais Caseiras e Eventuais. Fiquei horas analisando o tópico Garrafas coloridas feitas com linhas-help, e me divertindo com o achado que os orkut-arteiros fizeram com a técnica: garrafa, cola e fios. A ideia surgiu a partir da técnica usada em um difusor de aromas ensinado no programa Mais Você (quem não viu veja agora) e que é a mesma técnica usada nas mini garrafas com linha de crochê, publicada no Faça Você da Casa Claudia, e que até rendeu um post aqui no Peguei na rede.

Basicamente a técnica é linha (Anne ou Cléa), cola e paciência... muita pacênça!!! Passar cola aos poucos e ir enrolando a linha. Eu optei por girar o objeto em vez de prendê-lo e enrolar a linha. E uso também uma agulha de crochê ou um palito de churras para juntar os fios mais rebeldes. Depois que se pega o jeitinho pode-se cobrir o que o caboclo arteiro mandar: latas, caixas, cúpulas, vasos... É só fazer e contar pra gente.

Bom! Da simples técnica de passar cola aos poucos e pacientemente enrolar linhas sobre a garrafa, o tópico da comunidade virou uma festa das garrafas. Talvez tenha sido o artesanato mais experimentado, e diga-se de passagem, com muito sucesso pois a cada saida do armário aparecia um trabalho mais bonito que o outro:

Estas são da Thaís, a dica é que em vez de usar a linha Anne ou Cléa, Thaí optou pela linha de bordar da Archor, o que deu esse belo efeito metalizado. E ela ainda conta que em uma de suas garrafas, experimentou finalizar com verniz geral mas, as cores ficaram escuras.



Esse show de garrafãozinho é da Futura Sra. Pinto Cândido (membro da comunidade). Usou linha Anne mesclada porque achou a Cléa muito fina. E para o acabamento, misturou cola e água (olha que dica legal).



Essa é da Marcia Braz: "para o acabamento eu fiz uma trança com a linha dobrada umas cinco vezes, pq a minha linha é fina. Puts... essa fita deu um pouco de trabalho pra colar, ñ sei pq ela não ficava... mas sou teimosa. Acho q ñ ficou tããão perfeito, o enrolado dela sabe... as outras q tenho visto estão mais certinhas. Agora tem uma garrafa de licor aqui em casa q está acabando... ñ vejo a hora pq ela é legal. É achatadinha e tem o gargalo bem comprido. E dá-le licor no povo kkkkkkkkkkkkkkkk."



Essa é da Rosa que já deu outro efeito com esse acabamento em botões de madeira e ramos de trigo. Muito bonita.

Conheci o álbum da Mi no Picasa, com vários trabalhos dentre eles um antes e depois de um vasinho abandonado e que depois de voltas e mais voltas de fios, ganhou outra vida. Aqui nas garrafas, aparentemente a Mi usou lã mesclada. Ficou muito show.



Vasinho Antes (abandonado)
Vasinho Depois, vida nova.


Uma mini Coca-Cola feita pela orkut-arteira Mariana mas, a foto tá na galeria do Flickr.



Na falta de garrafas, a Marcelle Freitas usou jarros. Ficaram lindos por demais e a escolha das cores foi certeira, bem tropical.


E o show de efeitos continuou pela comunidade. Me deu a impressão de que a técnica tomou conta das pessoas que a experimentam. Muito comum relatos como "agora não consigo mais parar!", "Gente! Tô viciada!", "Fiz mais uma!"... :D
A arteira Pri rodeou o grupo, que já estava mais íntimo com os fios, até que resolveu soltar a franga, digo, os trabalhos. E ficaram belíssimos. Amei esse garrafão-vaso com fios verdes.



Maria Estela já foi mais além e ousou misturar outros elementos, como o papel contact e o filtro de café, aos fios. O que rendeu um efeito sofisticado que dispensa comentários.



Ainda na comunidade Decoração - faça você mesmo, peguei o link e fui lá no Picasa conhecer uma galeria de pegadas muito interessantes na área de Decoração, com tudo separadinho por assuntos em vários álbuns. Tá valendo uma visitinha no acervo.
De lá eu peguei essas inspirações:


E para finalizar... o post, porque o tema Reaproveitamento de Garrafas ainda nos renderá muitas inspirações por aqui, peguei esses trabalhos da orkut-arteira Andréa Brandão (também membro e ativista no Decoração - Faça você mesmo).




Ahhhh! Quase passava batido. A primeira foto do post é da coleção de garrafas da Viviany do Dona House. Faz tempo que eu namoro essa coleção. Para ser mais indiscreta, namoro mesmo é aquela garrafinha com ares de bule ou chaleira... sei lá! Só sei que é lindinha por d+.
Cuide bem da nossa coleção, Vivi.

sábado, 20 de dezembro de 2008

Mais ideias com Botões


Peguei essa fotomontagem ali no Flickr mas, o passo a passo tá aqui
A dica principal é: cola quente e cola artesanal (provavelmente a cola branca) não são indicadas para a colagem dos botões.

sábado, 13 de dezembro de 2008

Natal na casa da Santinha

Tentem adivinhar em qual casa fui tomar café. Podem pisar no meu dedão mas não conto, nem pra Yvone, onde foi que peguei essas ideias maravilhosas para as festas de fim-de-ano. Santinha que me perdoe mas essa cesta de melancia cheia de frutas em forma de bichinhos e flores, já está na listeeeinha para a ceia deste ano.

E Yvone garante, "e dá para comer tudinho. Deixe apoiada à uma tigela funda com bastante gelo"

Petiscos variados de encher os olhos...

e uma farta mini árvore de dar água na boca.

Nos arranjos, prioridade para as frutas tropicais


Noite de Luz sem velas? Não existe, né?
Em diversos tamanhos, cores, formas e,
por que não, castiçais e suportes bem originais

Um delicioso suco de laranja...

...bem iluminado


Balde com água, gelo e maçãs

Detalhe da vela na maçã.


Agora, essa ideia da vela dentro do abacaxi é hors concours, dispensa comentários.

sexta-feira, 12 de dezembro de 2008

"... se eu fizer ela vai gostar mais!"..


Semanazinha puxaaaada.
Fechamento antecipado da edição de dezembro, aí já sabem né? Tem que pegar no pé dos colaboradores, acelerar as agências, bater a poeira de calhaus nos arquivos, manipular fotos passadas, reescrever textos e atualizar verbos etc etc etc.
Todo ano é a mesma coisa (humm? Me lembrei do Cid, a preguiça mais linda do mundo, "Tio Fungo? Cadê todo mundo?"). Hãmmm... mas, edição adiantada vira um verdadeiro presente para quem não teve seus trabalhos publicados durante o ano: aqueles artigos "auto-ajuda" (que só ajudam o autor) que todo mês pulam da pauta por falta de espaço? Em dezembro têm publicação garantida. E aquela miss mirim que ganhou a faixa de miss simpatia naquele concurso que ninguém ficou sabendo? Pois é, finalmente o papai-coruja nos telefonará para agradecer o espaço cedido... ou não!
E aquele agradecimento, feito em agosto pela vice-prefeita da mini-prefeitura da quadra x, ao deputado fulano de malas, só porque o "homem-público" e sua enoooorme comitiva deu o ar da graça aos festejos de aniversário da paróquia comunitária? Esquece! O deputado foi cassado e a vice-prefeita... tá tomando chazinho com São Pedro! Melhor usar o espaço para a homenagem póstuma da mini-prefeitura e deixar o político descansar em paz.
Dezembro é sempre assim, uma grande festa.



Tenho um colega de trabalho que resolveu se aperfeiçoar no Origami. Hoje ele me contou que sua filhota de 8 anos, queria dar um presente à professora, pelo fim do ano letivo. Em nome do exercício nas dobraduras, meu colega já tem uma coleção de peças em vários tamanhos, cores e tipos de papéis. Então ele sugeriu à filha que presenteasse a professora com uma de suas "dobraduras". A menina ficou pensativa por alguns instantes e com um ar de sapeca respondeu "Boa ideia pai! Mas só se você me ensinar. Se eu fizer ela vai gostar mais!"


Fantástica a observação da garota esperta!
O que me fez lembrar que apesar de não ter repostado, achei super 10 o coments que a Maluxa fez no post do Crochê com sacolas plásticas:
"Oiii :)))

Há tempos vi este post...e logo Chamou minha atenção...
Resolvi então fazer uma busca nos sacos aqui de casa :D
Separei alguns, segui as instruções e já tenho uns quantos presentes para oferecer neste Natal!!
Não saíram sacolas, mas sim uns porta-guardanapos, fruteiras ou cestas de pão ...
Agora esgotei os sacos aqui de casa...vou ter de "atacar" as dispensas da família :D
Fiquei viciada :D
Além de ter resolvido o problema de não ter como dar presentes este ano, por estar desempregada, ainda reciclei mais um pouquinho do que o costume!!! :D
Obrigada por seu POST

Beijinho
Maluxa *

10 de Dezembro de 2008 04:52"

Zennnti, me falem. Quem aí não gostaria de ganhar um presentinho desses da Maluxa?
O valor sentimental é inexplicável. É algo assim: minha filha mais velha fará 23 anos, tenho uma foto de quando ela tinha 4 meses e calçava uma sapatilha de linha vermelha em crochê feito pela minha avó.
Há 14 anos minha avó se foi. Das sapatilhas restou apenas um pé, o qual guardo com muita estima. É um sapatinho bem simples. Já vi muitos outros superiores em beleza e perfeição mas, este é único, tem história e não tem dinheiro que o compre.

E perdida em pensamentos, valores e saudades, tava aqui navegando em mares desconhecidos e acabei caindo na Oficina de Criatividade da mestra Jacirinha Reis. Com 547 (eu) seguidores, não sei por onde eu andava que ainda não tinha conhecido. Zentiiii...! Lá tem um tantão de "coisinhas", ideias e receitas que eu tenho certeza que o caboclo arteiro vai montar acampamento por um bom tempo. E não só em ideias para os presentinhos de Natal, como também para os aniversários e dias especiais que virão em 2009.
Eu já tô aqui fazendo as anotações para o primeiro niver de JG.

Peguei da Oficina de Criatividade todas as fotos que ilustram este post.
Vão lá tomar um cafezinho e deem um xêro na Jacirinha por mim.